Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Novo selo reúne atrizes cantoras consagradas em musicais

Carbon Lab lança trabalhos de Alessandra Maestrini, Laila Garin e Simone Mazzer

Arte Clube

No AR em 08/02/2018 - 17:27

Vozes femininas consagradas no teatro musical brasileiro inauguram o novo selo Carbon Lab. O diretor musical Alexandre Elias, responsável por espetáculos como “Tim Maia, Vale Tudo – O Musical”, “Simbora, O Musical – A História de Wilson Simonal” e “Gonzagão, a Lenda”, entre outros, está à frente do projeto.

 

Maestrini

Em entrevista ao Arte Clube, Alexandre Elias falou sobre a criação do selo, que uniu suas paixões, teatro e música. "O selo é uma ideia de muitos anos atrás. Eu abri primeiro uma editora em sociedade com o Tonho Gebara, que na época era o guitarrista do Natiruts. Nossa ideia era ampliar a editora para um selo. Só que o Tonho morreu prematuramente, aos 32 anos, em 2004 e a ideia ficou um pouco abandonada. Agora, com a facilidade que a gente tem a partir das novas tecnologias, consegui assinar contratos com boas distribuidoras e resolvi tocar em frente a ideia do selo. E o que está mais próximo a mim no teatro são as cantoras atrizes, ou cantrizes", explica.

Alexandre fala, ainda, sobre os planos de relançar o disco da banda de Wagner Moura, "Sua Mãe", e destaca a importância da supervisão musical de Nelson Motta nos projetos. Clique no player e ouça a entrevista completa e ouça a versão de Basta um dia, música de Chico Buarque, com Alessandra Maestrini.

Além de atrizes e cantoras como Alessandra, Laila Garin e Simone Mazzer, o próprio Alexandre tem dois discos lançados pelo selo. O primeiro, Classix” é composto por obras fundamentais do repertório da música de concerto, como “Bolero” de Maurice Ravel, “Pour Elise” de Beethoven em versões de eletrônica experimental. O segundo, "Amazon Forest”, leva o ouvinte a uma imersão pela floresta, por meio dos sons.
 
Clique aqui e conheça o trabalho de Alexandre Elias.

Mais do programa