Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Vicente de Mello fotografa objetos pessoais sem câmera em "Monolux"

Fotógrafo cria imagens únicas, a partir do contato do objeto com o papel fotográfico

Assinar podcast

Arte Clube

No AR em 29/03/2018 - 17:03

O fotógrafo Vicente de Mello apresenta a exposição Monolux, no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. São 28 obras inéditas, únicas, feitas sem câmera e sem negativo. A impressão se dá pelo contato de objetos sobre a superfície do papel fotográfico.

Os objetos vieram de coleções particulares, lembranças de amigos e familiares. Cada um conta uma história, como explicou o fotógrafo, em entrevista ao Arte Clube.

"Para fazer o Monolux, eu levei três anos desenhando como poderiam se comportar estes objetos no papel fotográfico, até que eles virassem outra imagem. (...) Existe uma imagem bem forte para mim. São quatro arames enrolados, como se fossem uma constelação. Eles vieram da exumação do meu pai, que fez uma operação cardíaca há 30 anos", revela.

Clique no player acima e ouça a entrevista completa.

A exposição Monolux, do fotógrafo Vicente de Mello, pode ser vista no MAM até 17 de junho.

Arte Clube vai ao ar de segunda a sexta-feira, ao meio-dia, na Rádio MEC AM Rio.

Criado em 29/03/2018 - 17:16

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa