Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Exposição propõe nova relação entre público e obra de arte

"Disruptiva" chega ao CCBB-RJ, no FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica

Assinar podcast

Arte Clube

No AR em 11/04/2018 - 18:12

O Centro Cultural do Banco do Brasil recebe a exposição Disruptiva, dentro do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica. A mostra rompe com o modo tradicional de apreciação da arte. Os visitantes podem tocar, balançar, deitar e interagir com as obras.

A curadora do Festival, Paula Perissinotto, conversou com o Arte Clube sobre o evento. "O festival nasceu no ano 2000. Na época, a gente tinha como grande novidade a internet. Desde lá, muita coisa aconteceu. O que o festival tem feito é acompanhar essa evolução, incorporando as novas plataformas e formas de pensar o processo criativo, com o uso das ferramentas digitais", contou Paula.

Ela explica que a exposição propõe uma ruptura com o relacionamento que o público costuma ter com as obras de arte. "O visitante vem para uma exposição de arte, mas vai se deparar com obras que sugerem outro tipo de comportamento, em relação àquele estabelecido pela arte tradicional", explica. Clique no player e ouça a entrevista completa. 

A exposição Disruptiva é gratuita e reúne instalações interativas, games e animações internacionais, tudo com classificação indicativa livre. Em cartaz de 13 de abril a 04 de junho, no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 11/04/2018 - 18:21

Mais do programa