Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Bossamoderna apresenta uma edição especial de Natal

O repertório conta com composições de grandes nomes da música brasileira

Bossamoderna

No AR em 24/12/2017 - 22:00

O Bossamoderna desta semana aproveita a atmosfera natalina e apresenta o episódio “ Feitio de oração”, mesmo nome da obra do carioca Noel Rosa e do paulista Vadico, composta em 1933. Nesta edição, a música é interpretada na voz da baiana Maria Bethânia, em faixa do seu disco de estreia, de 1965.

O programa destaca também o baiano João Gilberto que reza a “Ave Maria no morro”, de Herivelto Martins, com arranjo orquestral do maestro americano Claire Fischer, em faixa do disco “João”, de 1991. A composição foi feita por Herivelto Martins em 1942. Em contraste, o Bossamoderna destaca a obra “Reza”, de Edu Lobo e Ruy Guerra na voz de Elis Regina, em faixa do disco “Samba eu canto assim”,  de 1965.

Esta edição apresenta outra composição de Edu Lobo, desta vez a obra em destaque é “Kyrie” que tem arranjo do próprio autor, sob regência do maestro Mário Tavares, em faixa do disco “Edu Lobo”, de 1973.

Outra canção que está presente nesta edição é “Incelensa” mais uma parceria de Edu Lobo e Ruy Guerra. Também de Ruy é a letra “Ave Maria”, mas a música é do pianista, compositor e arranjador, Francis Hime. O Bossamoderna apresenta a composição em faixa do disco “Francis Hime”, de 1973. Também da dupla Ruy Guerra e Francis Hime é a obra “Último canto” que está no repertório do programa.

Esta edição destaca também a obra “Ladainha”, do paraibano Geraldo Vandré, em faixa do seu disco “Hora de lutar” de 1965.

O programa abre espaço para a composição do baiano Dorival Caymmi. A obra é em destaque é “Oração de Mãe Menininha”, em faixa de seu disco “Caymmi”, de 1972.

O Filho de João Donato, o tecladista Donatinho apresenta “Janaína”, em parceria com a maranhense Rita Benneditto, solista vocal da gravação, em faixa do disco de Donatinho, “Zambê”, de 2015.

O Bossamoderna apresenta também a filha de Beth Carvalho, Luana Carvalho que canta “Oxum, minha mãe”, composição dela, em faixa de seu disco “Branco”, de 2017.

A Orquestra Criola comandada por Humberto Araújo, filho do célebre Humberto Reis, do lendário programa radiofônico “Músicas na passarela”, faz parte desta edição. A obra em destaque é “Eu quero é reza”, em faixa do disco “Subúrbio bossa nova”, de 2013.

Outro destaque desta edição é o poema “Cidade” do concretista paulistano Augusto de Campos, que antecede a obra “Senhor cidadão”, de Tom Zé, que faz parte do disco “Tom Zé”, de 1972.

 E esta edição “Feitio de oração” do Bossamoderna termina com Nana Caymmi e Milton Nascimento apresentando “Sentinela”, em faixa título do disco “Sentinela”, de Milton Nascimento, lançado em 1980, que teve parceria dele com Fernando Brant.

Ouça o programa pelo player acima.

Bossamoderna vai ao ar todo domingo às 22h pelas Rádios MEC AM e FM com reprise toda quarta às 21h na MEC AM. Envie seus pedidos de músicas, participação ou informações da programação também pelo Whatsapp (21) 99710-0537.

 

 

 

 

 

Mais do programa