Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Alunos da USP produzem plástico 100% biodegradável

Filmes plásticos são desenvolvidos a partir do amido presente em resíduos agroindustriais

Brasil Rural

No AR em 19/06/2018 - 08:47

O Brasil Rural desta terça-feira (19), conversou a com a química Bianca Maniglia, pós-doutoranda na Universidade de São Paulo (USP), sobre a fabricação do plástico biodegradável a partir do descarte de resíduos agroindustriais de cúrcuma, babaçu e urucum.

“O plástico, na verdade, a gente trata ele como grande vilão, mas a gente tem que dizer que ele foi uma revolução na indústria das embalagens porque ele veio trazer a possibilidade de fazer diferentes embalagens, com formas e formatos para acondicionar diferentes produtos.", ressalta a estudante.

A química reconhece que há um grande problema ambiental causado pelo plástico, mas destaca que é preciso dominar a tecnologia para trazer as propriedades boas do material e conseguir que ele seja absorvido para não provocar acúmulos no meio ambiente.

A especialista explica que o plástico comum é produzido a partir de derivados de petróleo, que leva até 500 anos para se decompor, já o biodegradável é feito de material biológico que entra em decomposição em no máximo 120 dias.

Ouça a entrevista no player abaixo:

Brasil Rural vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 5h, pelas rádios Nacional AM Brasília e Nacional AM Rio; sábado, às 5h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões e, às 7h, pelas rádios Nacional AM Brasília e Nacional da Amazônia.

 

Mais do programa