Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Mais de mil mudas serão plantadas por crianças da rede pública de ensino do DF

Objetivo do projeto é conscientizar as crianças para a importância da preservação

Brasil Rural

No AR em 07/12/2018 - 08:24

O coordenador de programas especiais da Agência Reguladora de Águas, energia e Saneamento Básico do DF (ADASA), Miguel Sartori, fala ao Brasil Rural sobre o  projeto “Produtor de Água Mirim”  que conta com a colaboração das crianças e busca criar nelas uma maior conscientização sobre a importância da preservação. Segundo o coordenador, o Produtor de Água Mirim é um braço do projeto Produtor de Águas, da Bacia do Ribeirão Pipiripau, responsável por parte do abastecimento de água de Sobradinho e de Planaltina - DF.

O especialista informa que o objetivo inicial do projeto produtor de águas está sendo alcançado com melhorias na produção da quantidade de água e na qualidade feito por meio de plantio e restauração do Cerrado, manejo de solo etc. Com várias instituições e ong’s envolvidas, o projeto tem vários benefícios e um deles é o engajamento com os produtores rurais. A medida que ele entra no projeto aumenta sua consciência, mesmo que inicialmente por Pagamento por Serviço Ambiental (PSA).  

"Nessa troca a gente vai aprendendo juntos. É interessante também a gente ver as futuras gerações, os filhos dos produtores. Tanto o filho do produtor que aprende com o projeto quanto a criança que chega da escola falando com o pai que a gente tem que preservar”, explica Miguel Sartori.

 

De acordo com o coordenador, os filhos dos produtores aprendem no projeto e na escola onde estudam, levando para casa seus aprendizados. No projeto "Produtor de água Mirim", proprietários rurais tem separado mudas para serem plantados por crianças e adolescentes das escolas do DF.  O projeto leva as crianças nas propriedades rurais, em contrapartida, elas recebem informações de educação ambiental.

"Tanto as crianças saem motivadas e informadas, quanto o produtor de água, o produtor rural, que está na propriedade recebendo essas crianças, também sai ainda mais motivado em perceber que as futuras gerações estão se preocupando com esse assunto”, destaca Sartori.

 

Ouça a entrevista no player abaixo:

 

O Brasil Rural vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 5h, pelas rádios Nacional AM Brasília e Nacional AM Rio; sábado, às 5h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões e, às 7h, pelas rádios Nacional AM Brasília e Nacional da Amazônia.

 

 

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 07/12/2018 - 09:22

Mais do programa