Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Especialista afirma que realidade virtual em 360º será tendência em 2016

Empresário Fábio Costa afirma que a procura vídeos neste estilo

O empresário, especialista em realidade virtual e filmagem em 360º, Fábio Costa, participou do Cotidiano, explicando que realidade virtual é uma forma de imergir, de estar em outro lugar sem estar lá, é um trocadilho de real com o virtual. Ela começou há uns cinco anos atrás, com os jogos de computação gráfica. Agora, vieram os vídeos 360º em que a pessoa se sente na cena e esta é a tendência do mercado atual. De acordo com ele  a procura por estes tipos de vídeos aumentou quase mil por cento, neste semestre em comparação com o primeiro semestre de 2015.

 

Segundo Fábio Costa a realidade virtual 360 começou com fotos em que se clica e arrasta o mouse se consegue ver tudo à volta, mas que evoluiu com a incorporação do vídeo e chegou ao auge uma vez que as plataformas do Facebook e do You Tube passaram a aceitar vídeos. O empresário afirma que grandes marcas estão querendo usar só o 360º, porque é uma experiência marcante. Para filmar neste formato usam-se até 12 câmaras, em lugares distintos, depois juntam-se as imagens, com um software.

 

Construtoras imobiliárias também estão fazendo o vídeo 360º, mostrando o apto decorado, cada detalhe, dando a ideia de que a pessoa está lá dentro e este é o conceito, de estar em um lugar sem estar lá. Estão lançando óculos que dá mais imersão, onde se acopla o celular e quando a pessoa mexe com a cabeça, tem a sensação de estar em outro lugar.

 

Saiba mais sobre a evolução dos vídeos 360º nesta entrevista ao Cotidiano, com Luiza Inez Vilela, na Rádio Nacional de Brasília.



Criado em 17/12/2015 - 19:34 e atualizado em 17/12/2015 - 17:36

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique