Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Incontinência urinária: urologista fala sobre a disfunção

Urologista explica que a incontinência normalmente tem um grande

Incontinência Urinária, é uma disfunção que acomete mais de 10 milhões de pessoas, tanto homens quanto mulheres, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).

 

O mestre e doutor em urologia pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) e autor de livros na área, José Carlos Truzzi, conversou com o Cotidiano sobre esse assunto que afeta a vida de muita gente.

 

O doutor explica que incontinência urinária é toda perda involuntária de urina, podendo acontecer em diferentes graus e tipos. Ele fala da incontinência em consequência da fraqueza dos tecidos que dão suporte para a uretra, comum em mulheres que já realizaram parto vaginal. Ou ainda por consequência de problemas congênitos, relacionados a tumores, entre outros.

 

"O tipo, a causa da incontinência, e o grau é que vão determinar a melhor forma de se abordar e tratar a situação. Podem ser tomadas medidas mais conservadoras, como a fisioterapia até o uso de toxina botulínica", diz. 

 

O urologista conta que o tema da campanha de orientação sobre a incontinência urinaria é “Não seja refém”. José Carlos Truzzi explica que o paciente fica refém da incontinência, decidindo a sua vida em torno da perda de urina, evitando sair de casa e limitando suas atividades pessoais, sociais e até profissionais.

 

Clique aqui e tenha mais informações sobre bexiga hiperativa. 

 

No player acima, confira mais informações na entrevista de Luiza Inêz Vilela no Cotidiano da Rádio Nacional de Brasília.



Urologista explica causas de doenças comuns do aparelho urinário

Saiba mais sobre os riscos que a infecção urinária pode causar

Criado em 16/03/2016 - 21:05 e atualizado em 16/03/2016 - 18:01

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique