Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Câmara debate questões de pessoas adultas com autismo

Encontro contou com representantes do governo, de movimentos em defesa

Audiência pública na Câmara debateu questões de pessoas adultas com autismo na semana passada. As principais reivindicações foram direcionadas para as questões que envolvem autistas mais severos e adultos, que são o alvo das preocupações dos familiares.

 

O Cotidiano conversou sobre o assunto com o presidente do Movimento Orgulho Autista Brasil (MOAB), Fernando Cotta.

 

Segundo Cotta, é necessário criar espaço público assim como há nos Estados Unidos e na Europa, onde essas pessoas com autismo severo sejam atendidas, com qualidade. Há necessidade de cuidadores para que esses meninos não sejam abusados ou agredidos, porque isto infelizmente ocorre.

 

Ainde de acordo com Cotta, há espaços públicos, com ajuda pedagógica, oficinas e educação física, tanto para crianças quanto para adultos, no estado do Rio de Janeiro e que esse modelo deveria ser implantado em todo país.

 

Saiba mais sobre esse modelo de atendimento para autistas que funciona no Rio. Basta clicar no player acima.



Autismo: como diagnosticar?

Criado em 18/07/2016 - 19:40 e atualizado em 18/07/2016 - 16:50

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique