Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Pesquisa sobre câncer de pele mapeia casos graves no Brasil

Em 2016, o Instituto do Câncer( Inca) registrou 176 mil casos da

O Cotidiano desta quinta-feira (5) convidou a pesquisadora do Observatório de Oncologia do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer e da Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia, Nina Melo, para saber qual o objetivo deste levantamento.

 

A prevenção é o motivo deste estudo, porque o melanoma é o de maior incidência no país. Todos os dias morrem nove pessoas com a doença no Brasil. No ano passado, o Instituto do Câncer( Inca) registrou 176 mil casos e, por causa desse dado alarmante, foi necessário fazer um estudo mais minucioso, para saber de que forma se pode mudar esse cenário.

 

O melanoma é o tipo mais agressivo do câncer de pele e representa 4% dos tumores malignos, um número alto, ficando atrás apenas do câncer de mama.

 

Saiba mais sobre este levantamento do Observatório de Oncologia do Movimento Todos Juntos Contra o Câncer, clicando no player acima.

 

O Cotidiano vai ai ar, de segunda a sexta-feira, às 14h, pela Rádio Nacional AM Brasília.



Cuidado com a pele no verão deve ser redobrado

Criado em 05/01/2017 - 18:19 e atualizado em 05/01/2017 - 16:23

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique