Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Saiba o que pode mudar com possível reforma no PIS/Cofins

Para diretor da Fenacon, mudanças prejudicariam principalmente as

O Em Conta desta quinta-feira (15) aborda a reforma do PIS/Cofins, parte da reforma tributária planejada pelo governo. Atualmente, existem dois regimes de cálculo da alíquota do PIS/Cofins. O cumulativo, que paga 3,60% em cima do lucro presumido, e o não cumulativo, que paga 9,25% em cima do lucro real. Uma das propostas da reforma envolve a unificação dos tributos.

 

Sobre o assunto, o programa entrevista o diretor da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon), Sérgio Approbato Júnior.

 

Ele explica os impactos que uma possível unificação do PIS/Cofins pode provocar para as pequenas e médias empresas, que também passariam a pagar 9,25% em tributos.

 

Saiba mais no player acima.

 

O Em Conta – a economia que você entende vai ao ar de segunda a sexta-feira, a partir de 12h40 na Rádio Nacional da Amazônia e de 10h40 na Rádio Nacional do Alto Solimões que, por sinal, hoje (15) está completando 10 anos no ar. Parabéns. Produção e Apresentação: Eduardo Mamcasz.

 

Continue participando pelo nosso e-mail: emconta@ebc.com.br

 

 



Especialista explica mudanças aprovadas pela Anac

Criado em 15/12/2016 - 14:56 e atualizado em 15/12/2016 - 15:53

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa