Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Entenda como funciona o apadrinhamento afetivo

Ouça a entrevista com a advogada Catia Vita

Falando Francamente

No AR em 29/12/2017 - 16:50

Artemisa Azevedo conversou no programa Falando Francamente com Catia Vita, advogada, sobre apadrinhamento afetivo.

Silhueta a contraluz de duas crianças brincando


Segundo a advogada, o apadrinhamento afetivo é um programa é um programa de governo estadual em alguns estado. Ele é voltado para crianças e adolescentes que vivem em situação de acolhimento.

Ainda de acordo com ela, para a pessoa ser um padrinho ou uma madrinha existe alguns requisitos, como ser maior de idade, ter diferença mínima de 16 anos entre a sua idade e a idade da criança ou adolescente a ser apadrinhada,  também não pode ter demanda judicial envolvendo crianças e adolescentes, entre outros.

Catia Vita explica como ser padrinho ou madrinha e quais são os procedimentos para consegui-lo. Ouça a entrevista completa no player.

Mais do programa