Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Jazz Livre! comemora o Dia Internacional do Jazz!

UNESCO marcou a data para celebrar a diversidade e a união entre os povos através do gênero musical

Jazz Livre!

No AR em 24/04/2018 - 23:00

O Jazz Livre! desta terça (24) celebra o Dia Internacional do Jazz. A data é comemorada em 30 de abril e seu embaixador é o grande pianista e compositor Herbie Hancock. A Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) institucionalizou a data em novembro de 2011.

Apesar de ser curioso dedicar um dia a um gênero musical - e não a uma pessoa ou a um acontecimento histórico – a comemoração do Dia Internacional do Jazz tem uma representatividade muito importante. A história do jazz já fala muito sobre este papel. Nascido no sul dos Estados Unidos, o estilo tem raízes africanas e também carrega influências europeias. Embora predominantemente negro e marginalizado em seu início (nas primeiras décadas do século 20), o jazz se consolidou como música de qualidade e agregou intérpretes e instrumentistas de diferentes classes sociais, etnias, assim como músicos vindos de diversas formações musicais. Valores como tolerância, compreensão mútua e empatia precisavam se fazer presentes.

Uma das funções sociais do jazz no século 20, principalmente, foi a emancipação da mulher. O gênero proporcionou espaço para expressão artística da mulher e foi ferramenta fundamental no movimento de direitos das mulheres nos Estados Unidos. As grandes divas do jazz como Sarah Vaughan, Ella Fitzgerald, Billie Holiday e Nina Simone representam esta conquista na ascensão social através da música. Apesar da distância que ainda existe entre os gêneros dentro da própria música, o posicionamento da mulher dentro do jazz vem mudando. No início, ela era vista muito mais como cantora. Mas, atualmente, encontramos muitas delas tocando instrumentos "menos comuns" para o papel feminino, como a bateria, guitarra, metais, e fazendo arranjos e composições.

Mas não só de história vive o Dia Internacional do Jazz. No site jazzday.com, é possível conferir todas as informações sobre os shows realizados desde 2012, com participações mais do que ilustres. O show é chamado All-Star e a cada ano é em uma cidade diferente. O jazz se tornou uma linguagem universal ouvida em todos os continentes, sendo influenciada e influenciando outros tipos de música. Daí que é tão importante marcar esta mistura e sincronia que o estilo musical representa. Ele é universal como estilo e muito particular em cada localidade. É global e local ao mesmo tempo.

Em 30 de abril de 2018, o All-Star será realizado em São Petersburgo, na Rússia – cidade - sede das comemorações - que será no Mariinsky Theatre, com presença de parceiros dos sete continentes. O próprio Herbie Hancock e o saxofonista russo Igor Butman serão os co-diretores artísticos e John Beasley será o diretor musical da apresentação. Cyrille Aimée, da França, Oleg Akkuratov, da Rússia, Till Brönner, da Alemanha, e Luciana Souza, do Brasil, são alguns nomes que passarão pelo palco ao longo da noite.

Ouça o programa completo no player acima.

Jazz Livre! é transmitido às terças, às 23h, pela MEC FM Rio, e aos sábados, às 22h, pela Rádio MEC AM Rio.

Criado em 25/04/2018 - 14:10 - Episódio 24/04/2018 - Dia Internacional do Jazz

Fale com a Ouvidoria

Mais do programa