Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ouça Gaia Wilmer, Fátima Guedes e Guinga no Jazz Livre!

Além do jazz brasileiro, o programa homenageia Chet Baker, que completou 30 anos de falecimento

Jazz Livre!

No AR em 15/05/2018 - 17:13

O Jazz Livre! desta terça (15) está com uma seleção musical do melhor do jazz brasileiro. No programa, músicas de Gaia Wilmer, Fátima Guedes e Guinga.

A história da música e de Gaia Wilmer é curiosa. Formada em Relações Internacionais, ela decidiu se dedicar à música lá pelos idos dos seus 20 anos. Gaia já era próxima à filosofia e à fotografia, mas foram as aulas de Silvia Beraldo que a ligaram definitivamente ao saxofone e à composição. Seu trabalho com a música é recente, porém, intenso. A formação de octeto resultou, em 2017, na gravação de um álbum: "Migrations". 

Como Gaia estuda em Boston, os integrantes do grupos são estrangeiros, mas a música tem muita influência brasileira. Além do disco, ela lidera uma big band – a Gaia Wilmer Large Ensemble; gravou um CD chamado "Tungo", lançado pela Biscoito Fino no Brasil; formou o The Heart Breath Ensemble, com um trio de base, mas adaptável a diferentes formações; e também fez parte do Rama Trio. Ainda correm em paralelo um projeto de circuito de concertos que homenageia Moacir Santos e Egberto Gismonti.

Um grande nome da música popular brasileira é Fátima Guedes. Além do trabalho como cantora, ela é compositora e forneceu material para grandes nomes como Simone, Maria Bethânia, Jane Duboc, Leila Pinheiro, Ney Matogrosso e Nana Caymmi. Seu trabalho mais recente é o álbum "Transparente". O disco é uma homenagem ao produtor Paulinho Albuquerque, um dos grandes nomes dos bastidores da MPB. Um grande time de músicos a acompanhou neste projeto como Gilson Peranzzetta, Leandro Braga, Dori Caymmi, entre tantos outros. O disco traz releituras de grandes sucessos como "Faca", "Minha nossa senhora" e "Cheiro de Mato".

Guinga é violonista e compositor. Um dos grandes nomes da música brasileira atual, ele dispensa apresentações. Acompanhou grandes como Clara Nunes, Beth Carvalho, Alaíde Costa, Cartola e João Nogueira. Suas músicas foram gravados por outros grandes como Elis Regina, Michel Legrand, Sérgio Mendes, Leila Pinheiro, Chico Buarque, Ivan Lins e tantos outros. Em 2017, lançou o álbum "Canção da Impermanência" em que reafirma seu trabalho como compositor e onde apresenta músicas da forma como foram compostas: com o violão puro de Guinga como o centro musical do álbum. Ele ainda tem dado espaço a músicos mais jovens com grande potencial. O único parceiro dele neste álbum é Thiago Amud. Outro jovem e talentosíssimo violonista apadrinhado por ele é Jean Charaux.

O programa ainda faz uma homenagem a um dos standards do jazz, com músicas marcantes. No dia 13 de maio, completam-se 30 anos da morte do cantor e trompetista Chet Baker.

Jazz Livre! é transmitido às terças, às 23h, pela MEC FM Rio, e aos sábados, às 22h, pela Rádio MEC AM Rio.

 

Mais do programa