Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Rondônia mantém liderança na produção de peixe de água doce

Estado deve alcançar 250 mil toneladas na produção do pescado até 2018

Foram mais de 87 mil toneladas de peixe de água doce em 2016, de acordo com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental de Rondônia (Sedam). E a projeção para este ano é que a produção chegue a 150 mil toneladas.

 

Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta Rondônia como líder na produção nacional de peixe em água doce desde 2014, seguido do Paraná, com produção de 69 mil toneladas e Mato Grosso, com 47 mil toneladas.

 

A meta do governo estadual é chegar a 250 mil toneladas até 2018, por meio de políticas de incentivo para licenciamento de novos empreendimentos da atividade de piscicultura.

 

Entre as espécies mais cultivadas estão: tambaqui, pirarucu, jatuarana e também um híbrido que é o cruzamento do pintado com o cachara, chamado pintadinho da Amazônia.

 

Os municípios de Ariquemes, Cujubim, Urupá, Mirante da Serra e Porto Velho são os maiores produtores.

 

Também são destaques do Jornal da Amazônia 1ª Edição desta sexta-feira (17): pesquisa avalia fiscalização de desmatamento ilegal na Amazônia; carnaval em Porto Velho começa hoje com desfile de trio elétricos.

 

O Jornal da Amazônia 1ª Edição vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 7h45, na Rádio Nacional da Amazônia, uma emissora da Empresa Brasil de Comunicação.