Senado aprova PEC que viabiliza vaquejadas e rodeios no Brasil

Proposta ainda precisa ser aprovada em primeiro e segundo turno na Câmara antes de ser promulgada
Vaquejada
Vaquejada flickr - Foto: Tatiana Azeviche

O Senado aprovou nesta terça-feira uma Proposta de Emenda a Constituição que possibilita a realização do rodeio e da vaquejada em todo o país. Isso após o Supremo Tribunal Federal tomar decisão, em outubro do ano passado, que na prática proibia a vaquejada.
 
Com 52 votos favoráveis e nove contrários, o Senado aprovou, em primeiro e segundo turno, a alteração do artigo 225 da Constituição, que trata do meio ambiente. O texto do projeto diz que não se consideram cruéis as manifestações culturais, desde que seja assegurado o bem-estar dos animais.
 
O relator da PEC, senador Otto Alencar, do PSD, defendeu que a prática da vaquejada é cultural no Nordeste, considerado um esporte que gera muitos empregos. O senador também argumentou que a atual regulamentação impede maus tratos aos animais.
 
A proposta ainda precisa ser aprovada em primeiro e segundo turno na Câmara antes de ser promulgada.
 
Também são destaques do Jornal da Amazônia 1ª Edição desta quarta-feira (15): Ministério da Agricultura facilita regras para formalização de pequenos produtores rurais; Portos flutuantes vão atender agricultores familiares em Rondônia
O Jornal da Amazônia 1ª Edição vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 7h45, na Rádio Nacional da Amazônia, uma emissora da Empresa Brasil de Comunicação.

Jornal da Amazônia - 1ª Edição
em
15/02/2017 - 08:30
atualizado em
15/02/2017 - 11:26