Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Na Trilha da História explica o Milagre Econômico e as crises do petróleo

No período entre 1968 e 1973, o Brasil registrou altas taxas de crescimento econômico, chegando ao patamar de 14% ao ano

Na Trilha da História

No AR em 04/04/2019 - 09:53

O Na Trilha da História desta semana tem como o tema o Milagre Econômico (1968-1973) e as crises do petróleo (1973 e 1979). O entrevistado deste episódio é o economista Alexandre Andrada, doutor em Economia pela Universidade de São Paulo (USP) e professor do Departamento de Economia da Universidade de Brasília (UnB).

Entrevista da apresentadora Isabela Azevedo com o economista Alexandre Andrada

Entre 1968 e 1973, o Brasil registrou taxas de crescimento econômico que variavam entre 9,5% a 14% ao ano. De acordo com o economista Alexandre Andrada, são vários os motivos para a aceleração da economia brasileira. O pesquisador destaca o potencial de aumento da produtividade das fábricas, a disponibilidade de mão de obra no mercado e os atrativos para o investidor estrangeiro.

Em 1973, no entanto, veio o primeiro choque do petróleo, que causou a alta acelerada do preço do barril. O governo brasileiro contornou a primeira crise aumentando o endividamento externo para manter o padrão de consumo brasileiro. No entanto, o ano de 1979 registrou mais um substancial aumento de preço no barril de petróleo, o que levou o Brasil a uma profunda crise econômica.

Trilha Sonora

Confira a lista de músicas deste episódio: “Comportamento Geral” (composição e interpretação de Gonzaguinha); “Ouro de Tolo” (composição e interpretação de Raul Seixas); “Milagre Brasileiro” (composição de Julinho da Adelaide - pseudônimo de Chico Buarque / interpretação de Miúcha); “Movido a álcool” (composição de Raul Seixas, Tânia Menna Barreto e Oscar Rasmussem / interpretação de Raul Seixas); “Salário Mínimo” (composição de Alvarenga e interpretação de Beth Carvalho); e “Aluga-se” (composição de Raul Seixas e Cláudio Roberto / interpretação de Raul Seixas);

Confira os horários do programa:

Sábado, 16h: Rádio Nacional FM Brasília 96,1 MHz, com reprise na quarta-feira, às 23h;

Sábado, 11h: Rádio Nacional AM Brasília 980 kHz; com reprise no domingo, às 11h;

Sábado, 6h: Rádio Nacional do Rio de Janeiro 1.130kHz; Sábado, 18h: Rádio MEC do Rio 800kHz, com reprise no domingo, às 7h;

Sábado, 13h (horário de Brasília): Rádio Nacional da Amazônia 11.780kHz e 6.180kHz em rede com a Rádio Nacional do Alto Solimões AM 670 kHz, FM 96,1 MHz, com reprise no domingo, às 6h.

O Na Trilha da História é apresentado pela jornalista Isabela Azevedo. Sugestões para o programa podem ser enviadas para culturaearte@ebc.com.br.

Os áudios do Na Trilha da História podem ser disponibilizados para retransmissão, sem fins comerciais, por meio da licença Creative Commons CC BY-NC-ND. Esta licença permite que os programas sejam retransmitidos desde que não sejam editados e mantenham o crédito da Rádio Nacional e da Rádio MEC - Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Em caso de interesse, basta enviar um e-mail para culturaearte@ebc.com.br.

Criado em 04/04/2019 - 10:04 - Episódio Na Trilha da História - Milagre Econômico

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa