Um terço culpa mulher pelo estupro, aponta pesquisa

Educação tem papel fundamental para reverter essa alarmante realidade
Estupro
Estupro SXC HU/ Flickr/ CC

Uma pesquisa encomendada pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), realizada pelo instituto Datafolha e divulgada em setembro, revela que um em cada três brasileiros concorda que a mulher vítima de estupro é, de alguma forma, responsável pela violência sexual sofrida.
 
 
Dos entrevistados, 30% afirmaram que concordavam com a seguinte afirmação: "A mulher que usa roupas provocativas não pode reclamar se for estuprada". O percentual foi o mesmo entre homens e mulheres.  Esse índice aumenta entre os idosos e adultos com mais de 35 anos e entre as pessoas com menor grau de escolaridade.
 
 
Para comentar sobre a pesquisa e entender o porquê de resultados tão alarmantes, o Programa Nacional Jovem conversa com a psicóloga Valeska Zanello.
 
Segundo ela, os dados não só mostram uma naturalização da violência sexual contra as mulheres, uma culpabilização da mesma, pela violência sofrida, como também apontam aspectos positivos, como pessoas mais jovens e com escolaridade mais alta, não compartilharem dessa opinião.
 
 
De acordo com a psicóloga, existe um problema que é a base da cultura do estupro: a cultura da objetificação da mulher.
 
 
 E destaca: "Nós precisamos, também, de uma legislação ou algum tipo de intervenção na mídia, pois ela tem um papel fundamental na formação da subjetividade, tanto de homens, quanto de mulheres, naturalizando tanto a violência masculina, quanto a objetificação das mulheres. Nós precisamos de uma mídia que respeite a dignidade humana, e principalmente, das mulheres que é o público mais atacado.”  
 
Ouçar a íntegra da entrevista no player acima.
 
 
O programa Nacional Jovem vai ao ar de segunda a sexta, às 14h (horário de Brasília), na Rádio Nacional da Amazônia, e às 12h (horário local) na Rádio Nacional do Alto Solimões. Você pode ouvir o programa no mesmo horário, ao vivo, aqui no site das Rádios EBC.

Produtor
Taiana Borges
Taiana Borges
em
06/10/2016 - 17:36
atualizado em
06/10/2016 - 17:51