Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Especialista da WWF-Brasil fala do impacto ambiental com a tragédia em Brumadinho

Segundo a ONG, a ruptura da barragem em Brumadinho causou perda de 125 hectares de florestas e impactos ambientais que serão sentidos por anos

Natureza Viva

No AR em 03/02/2019 - 10:24

Segundo uma análise feita pela ong ambientalista WWF-Brasil, realizada com base em imagens de satélite da ruptura da barragem de Brumadinho e de mapas anteriores à tragédia, aproximadamente 125 hectares de florestas foram perdidos, o equivalente a mais de um milhão de metros quadrados, ou 125 campos de futebol. Para falar sobre o alcance das perdas e da destruição, o programa Natureza Viva entrevistou a bióloga e doutora em ecologia pela USP Paula Hanna Valdujo. 

Segundo Hanna, a situação é devastadora. "Sem dúvida, o principal impacto é sobre as vidas que foram ceifadas, mas também houve um grande impacto sobre o meio ambiente. Não só na floresta e no Córrego do Feijão, mas também sobre o rio Paraopeba, que é importantíssimo para a região".

A doutora explica que a lama cobriu completamente o córrego que existia próximo à barragem, o que acabou com a existência de qualquer vida aquática dali. Além disso, de acordo com ela, a lama que corre para o Rio Paraopeba pode impactar, inclusive, o Rio São Franscisco. 

Ouça a entrevista:

 

Tragédia humana em Brumadinho

Natureza Viva vai ao ar todos os domingos às 8 horas da manhã na Nacional da AmazôniaNacional de Brasília e Rádio MEC.

Tags:  Brumadinho

Criado em 03/02/2019 - 10:35

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa