Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Coordenadora fala do tambor da crioula na Ilha do Amor, em São Luís

Dança de origem africana simboliza a união pela fé entre religiões

Natureza Viva

No AR em 20/10/2019 - 07:00

Natureza Viva deste domingo (20) conversou junto com Simei Dantas, coordenadora dos Tambores Arte Nossa e Arte Nossa Mirim, que contou a história, sob a inspiração de sua avó Maria Inácia, do som e da dança, trazendo a união da fé em São Benedito com as tradições das religiões de origens africanas.

Ouça a entrevista no player abaixo:


Segundo Simei, os poetas se inspiravam no silêncio da noite e no toque do tambor para criar suas poesias.

 

 “O tambor de crioula é de origem africana, só existe no Maranhão, ele tem várias formas de expressão. Dançamos primeiro com a alma e depois com o corpo”, acrescenta Simei.

 

Ela explicou que o tambor mexe com a devoção e a dança liberta do preconceito, da desigualdade.

Natureza Viva vai ao ar todo domingo, às 7h, na Rádio Nacional do Alto Solimões; e, às 8h, nas rádios Nacional da Amazônia, Nacional de Brasília e Nacional do Rio de Janeiro.

Criado em 20/10/2019 - 07:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa