Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Exploração, violência e impunidade na Amazônia atravessam o samba

Natureza Viva analisa os dados em que o Greenpeace acabou de mapear os

No Natureza Viva deste domingo de carnaval (15), Mara Régia conversa com a assessora do Conselho Nacional das Populações Extrativistas, Cristina Floresta e com o diretor de Politicas Públicas do Greenpeace, Sérgio Leitão. Falam sobre o carnaval na região, da violência contra os extrativistas, dos conflitos agrários e lembra da morte da missionária Dorothy Stang, no Pará.

 

Confira também: Mulheres do Brasil desfilam na Escola de Samba Mangueira, neste domingo

 

No dia 12 de fevereiro, o assassinato de Dorothy Stang completou 10 anos, sem que os mandantes pelo crime tenham sido, de fato, presos. Segundo Cristina Floresta, o caso, ao invés de exceção, infelizmente é a regra e retrato fiel da violência e impunidade que assolam comunidades rurais de todo o Brasil e especialmente da Amazônia.

 

Sérgio Leitão ressalta que os Mapas da Impunidade na Amazônia, divulgados recentemente, mostram que nesta região, a impunidade é a regra, e quando não se tem a Justiça funcionando, há um estímulo recorrente para que a violência ocorra.

 

Acompanhe a entrevista com Sérgio Leitão e Cristina Floresta ao programa Natureza Viva, na Rádio Nacional da Amazônia, Rádio Nacional do Alto Solimões, Nacional de Brasília e Rádio Mec AM do Rio de Janeiro, com apresentação de Mara Régia. O Natureza Viva vai ao ar aos domingos, das 8h às 10h.



Criado em 15/02/2015 - 11:16 e atualizado em 15/02/2015 - 13:07

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa