Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ópera do Período Clássico é o destaque do Caderno de Música

Conheça um pouco das principais características da ópera no Classicismo, com obras de Jommelli e Mozart

Caderno de Música

No AR em 30/08/2019 - 12:38

O Caderno de Música deste sábado (31) destaca as principais características da ópera e o desenvolvimento do gênero a partir do Período Clássico.

A ópera no Classicismo, inaugurada por Gluck, além de trazer um refinamento estético que abolia os exageros do Barroco, traz também uma ampliação na temática operística. No período Barroco, as óperas tratavam de assuntos sérios, normalmente inspirados em lendas mitológicas. Já no estilo Clássico, a partir da segunda metade do século XVIII, o gênero passou a abordar também alguns assuntos mais leves. É o caso da ópera buffa, na Itália, da opéra-comique, na França, e o Singspiel, subgênero operístico que surgiu na Alemanha e que misturava a fala e o canto. 

Além de Gluck, outro grande compositor de óperas do Classicismo é Wolfgang Amadeus Mozart. Seu estilo de compor podia ser mais próximo do Singspiel (com “O rapto do serralho” e a “Flauta mágica”), da ópera buffa (com “As bodas de Fígaro”, “Don Giovanni” e “Così fan tutte”), ou ainda da ópera séria (com “La Clemenza di Tito” e “Idomeneo”). 

Outros importantes compositores de ópera do classicismo foram Joseph Haydn, Niccolò Jommelli, Giuseppe Sarti, Giovanni Paisiello e Antonio Salieri. 

Conheça mais no Caderno de Música. Sábado, às 11h45, na MEC FM.

Tags:  ópera clássico

Criado em 30/08/2019 - 12:38

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa