Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Casamento coletivo leva cidadania e proteção de direitos a indígenas do interior do Amazonas

Além das cerimônias, as comunidades Filadélfia, Feijoal, Porto Espiritual e Guanabara 3 vão receber atendimento jurídico, médico, odontológico e contar com a emissão de documentos gratuitamente

Repórter Solimões

No AR em 12/02/2020 - 14:51

Mais do que uma celebração para formalizar matrimônios, o casamento coletivo de 806 casais indígenas, que teve início na terça-feira (11) em Benjamin Constant, é uma ação de cidadania e promoção de direitos. Além das cerimônias, as comunidades Filadélfia, Feijoal, Porto Espiritual e Guanabara 3 vão receber atendimento jurídico, médico, odontológico e contar com a emissão de documentos gratuitamente.

Indígenas Tikuna e Kokama de 35 comunidades formalizam o matrimônio, entre eles o jovem ticuna Sandro Flores. Ele fala sobre a importância da cerimônia:


O coordenador da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Benjamin Constant, Marcos Targino, contou como começou todo o processo para realização dos casamentos:


As celebrações respeitam as tradições culturais dos povos indígenas.  

Dois juízes de paz e o corregedor-geral de Justiça do Amazonas, desembargador Lafayette Vieira Júnior, presidem as cerimônias. Ele comentou dos matrimônios já realizados:


A Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) realiza ações de emissão de documentos, através do projeto PAC em Movimento. A secretária de Justiça do Amazonas, Carol Brás, falou da iniciativa:


Adir Ticuna, liderança indígena de Filadélfia, destacou que o momento é também de cobrança por melhorias e assistência às comunidades indígenas, assistências essas que devem ser permanentes:


 

Criado em 12/02/2020 - 14:51

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa