Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ministério Público alerta sobre risco de genocídio indígena no interior de Rondônia

O Ministério Público Federal recomendou que a Funai apresente um plano emergencial e um plano de fiscalização permanente para a região

Repórter Amazônia

No AR em 12/12/2017 - 19:39

Adriano Karipuna é liderança indígena e relata o que tem passado por, junto com seus parentes, defender a Terra Indígena Karipuna, nos municípios de Porto Velho e Nova Mamoré, de madeireiros ilegais, grileiros e garimpeiros.

“Por ser líder dos indígenas, já recebi ameaças de ligações anônimas, só que até agora não conseguimos rastrear de onde vieram essas ligações anônimas de ameaças de morte mesmo”.

O Ministério Público Federal em Rondônia enviou recomendação à Funai para que tome providências em relação à área. Para o órgão, há risco de genocídio, como informa o procurador federal Joel Bogo.

“Temos históricos de violência: um policial rodoviário federal foi morto, um agente da força nacional de segurança pública foi morto, os invasores atiraram contra o próprio helicóptero da polícia... então se os invasores eles têm essa atitude de enfrentamento contra a própria polícia, imagina contra os indígenas né, então, a situação de vulnerabilidade desses grupos indígenas é de fato preocupante”.

De acordo com o procurador, essa foi uma das áreas indígenas mais desmatadas em 2017. O MPF recomendou que a Funai apresente um plano emergencial e um plano de fiscalização permanente, mas, segundo o procurador Joel Bogo, o órgão indigenista apresenta a falta de orçamento como principal empecilho para desenvolver as ações.

A Terra Indígena Karipuna é uma área tradicionalmente ocupada e já regularizada pela Funai.

A assessoria da Funai informou que enviou os questionamentos da reportagem à Procuradoria Federal Especializada e aguarda uma posição sobre o caso.

Também são destaques terça-feira, 12:

- Trabalhadores Sem Terra denunciam ataque de pistoleiros contra acampamento no Pará

- Após surto de caxumba em estudantes, vacinação é reforçada no Amapá

- Ritmos do Marajó vão animar a noite em Belém

 

Criado em 12/12/2017 - 19:42

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa