Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Aeroportos de Belém (PA) e de Palmas (TO) ainda estão sem combustível

Apesar do desabastecimento, não houve cancelamento de voos hoje por esse motivo

Repórter Amazônia

No AR em 01/06/2018 - 18:30

O aeroporto de Palmas, no Tocantins, está sem querosene de aviação desde segunda-feira. De acordo com a Infraero, o terminal só deve receber caminhões-tanque na madrugada de hoje para amanhã. A boa notícia é que apesar da falta de combustível, nenhum voo foi cancelado no aeroporto nesta sexta-feira. A Latam, por exemplo, informou que as aeronaves da companhia já vão abastecidas para a capital tocantinense.

O outro aeroporto que ainda está sem combustível é o Protásio de Oliveira, em Belém. Esse terminal é usado para aviação executiva, como táxi-aéreo e helicópteros. Ainda não há previsão para a chegada de combustível de aviação para atender a demanda.

Sessenta e dois voos foram cancelados nessa sexta-feira em todo o Brasil, mas as companhias aéreas afirmam que são operações já programadas e que não se referem a desabastecimento. A Latam informou que entre ontem e hoje a companhia não registrou nenhum cancelamento devido a falta de combustível.

A maioria dos voos cancelados no Brasil são da empresa Azul. Em Mato Grosso todos os nove voos cancelados nesta sexta-feira são da companhia aérea.

Mesmo abastecido, o principal Aeroporto Mato Grosso, na região metropolitana de Cuiabá, teve pelo menos nove voos - todos da empresa Azul - cancelados, nesta sexta-feira. O número parece pequeno, representa mais de 37% dos voos operados no local.

A Azul informou que a companhia vem adotando um plano de contingência, desde semana passada, e esses cancelamentos são programados para garantir a normalidade de suas operações.

 

Também são destaques do Repórter Amazônia desta sexta-feira (1):

-Presidente da Petrobras pede demissão

-Raiva humana já matou dez pessoas no Pará

-Campanha Junho Vermelho quer estimular a doação de sangue

-Autorizada exploração de área de garimpo em Pontes e Lacerta em Mato Grosso

 

 

Mais do programa