Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Região Norte tem o menor número de candidaturas femininas

Na Amazônia Legal, o Tocantins tem o menor número de mulheres candidatas: apenas 17 registros.

A região Norte registrou o menor número de candidaturas femininas, na comparação com as outras regiões do país.

Dados do Tribunal Superior Eleitoral mostram que as mulheres são 30,7% das quase 28 mil candidaturas registradas para as eleições deste ano. Uma redução de quase um ponto percentual em relação a 2014.

O Centro-Oeste é a região com maior percentual de mulheres candidatas, seguida do Sudeste, Sul e Nordeste. Já o Norte é a região com o menor número de candidaturas femininas: 29% do total.

Na Amazônia Legal, o Tocantins tem o menor número de mulheres candidatas: apenas 17 registros. Setenta vezes menos do que o número de candidaturas femininas em São Paulo.

Guacira Oliveira, do Centro Feminista de Estudos e Assessoria, destaca que apesar do número de candidaturas ainda não ser o ideal, cada vez mais mulheres candidatas realizam campanhas comprometidas com o combate ao machismo e ao racismo. O assassinato da vereadora Marielle Franco, no Rio, é considerado um motivador para essa mobilização.

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral, os partidos com maior quantidade de mulheres candidatas são o Partido da Mulher Brasileira, PMB, e o PSTU. Entre os que contam com menor número de mulheres estão o PSL, o PPL e o DEM.

Mais do programa