Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

STF mantém ordem de prisão contra senador Acir Gurgacz de Rondônia

Senado havia entrado com recurso para impedir cumprimento da decisão

Repórter Amazônia

No AR em 10/10/2018 - 18:30

O Supremo Tribunal Federal manteve a ordem de prisão contra o senador Acir Gurgacz,  do PDT de Rondônia.

Na segunda-feira (8), o Senado entrou com recurso no STF para impedir a prisão. Essa ação foi rejeitada pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli. O recurso também foi negado pelo relator do caso, ministro Alexandre de Moraes.

Gurgacz foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão pela Primeira Turma do STF.

Ele é acusado do crime de desvio de finalidade na aplicação de financiamento obtido em instituição financeira oficial.

O senador não tinha sido preso antes porque estava amparado pela Lei que impede a prisão de candidatos, a não ser em flagrante, nos 15 dias anteriores à votação.

Gurgacz teve a candidatura indeferida pelo TSE.

A assessoria de imprensa do senador informou que ele ainda não foi preso e que a defesa vai recorrer ao plenário do Supremo.

 

Também são destaques do Repórter Amazônia desta quarta-feira (10):

-Inspeção encontra merenda vencida em escola infantil do Acre

-Justiça aceita denúncia contra empresa acusada de utilizar patrimônio genético do açaí sem autorização

-Ministério Público do Trabalho abre inquérito para avaliar impactos nos trabalhadores da Hydro Alunorte no Pará

-Casas de Cultura do Maranhão oferecem programação especial no mês das crianças

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 10/10/2018 - 19:33

Mais do programa