Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Indígena é assassinado em área de conflito com fazendeiros no MS

Segundo o governo estadual, proprietários rurais se uniram para

Em mais um conflito por terras no estado do Mato Grosso do Sul, o indígena Simião Vilhalva, do povo Guarani Kaiowá, foi morto a tiros no último domingo (30). O assassinato ocorreu durante a retomada da terra indígena Ñande ru marangatu, numa fazenda no município de Antônio João. Uma criança indígena também foi atingida por um tiro de bala de borracha na cabeça.

 

Segundo informações do governo do Mato Grosso do Sul, os proprietários rurais se uniram para retomar as fazendas ocupadas pelos indígenas Guarani, ocasião em que ocorreu o assassinato.

 

Nessa segunda-feira (31), o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, reivindicou à Presidência da República a presença de militares das Forças Armadas nos municípios de Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista e Ponta Porã.

 

Ainda de acordo com informações do governo do Mato Grosso do Sul, no sábado, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, antecipou que a presidenta Dilma Rousseff deve assinar um decreto de Garantia de Lei e Ordem, autorizando o deslocamento de tropas do Exército para a região.

 

Dados do último Relatório de Violência do CIMI – o Conselho Indigenista Missionário, revelam que o Mato Grosso do Sul é o estado que lidera o ranking de violências contra as populações indígenas nos últimos anos.

 

Ouça também: Relatório Violência Contra Povos Indígenas traz dados alarmantes

 

O ministério da Justiça e a Funai informaram por telefone que, no momento, não vão se pronunciar. O delegado da Polícia Federal em Ponta Porã, Bruno Maciel, que está a frente das investigações, disse também que não poderia repassar nenhuma informação sobre o caso.

 

Confira ainda no Repórter Amazônia desta segunda-feira, 31: assinada ordem de serviço para a recuperação da BR 364, no Acre; pesquisadores analisam estoque pesqueiro da Ilha do Marajó. E mais: Tocantins se prepara para a 9a edição da Feira do Livro.

 

O Repórter Amazônia é uma produção da Rede de Rádios Públicas da Amazônia e vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 18h30 pela Rádio Nacional da Amazônia.



Criado em 01/09/2015 - 10:10 e atualizado em 01/09/2015 - 08:00

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa