Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Projeto da Embrapa quer valorizar pesca artesanal em comunidades no Tocantins, Pará e Roraima

Ideia é ajudar na organização social das comunidades e empoderamento das problemáticas locais como uma forma de fortalecer a luta social por políticas públicas para a pesca

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 11/10/2018 - 07:40

O projeto vai usar monitoramento e manejo participativo da pesca artesanal como instrumento de desenvolvimento sustentável em comunidades da região amazônica. O Propesca tem ações participativas e colaborativas entre a Embrapa e as comunidades pesqueiras.

A ideia é ajudar na organização social das comunidades e empoderamento das problemáticas locais como uma forma de fortalecer a luta social por políticas públicas para a pesca.

O desembarque do pescado será acompanhado e monitorado ainda este ano em dez municípios, sendo três tocantinenses, quatro paraenses e três roraimenses.

Ouça outros destaques do Repórter Nacional – Amazônia (7h40):

Tags:  pesca Embrapa

Mais do programa