Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

MT: Operação apura irregularidades em contratos de serviços médicos hospitalares

Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão na chamada Operação Sangria

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 04/12/2018 - 13:55

A ação da Polícia Civil apura irregularidades em contratos de prestação de serviços médicos hospitalares, firmados com o município de Cuiabá e o Estado de Mato Grosso.

Cerca de 70 policiais participam da operação. Os agentes buscam documentos que comprovem denúncias referentes a um grupo de médicos, com participação societária oculta em três empresas de serviços médicos, na capital e interior do estado.

A polícia investiga licitações e contratos firmados com as empresas Sociedade Mato-Grossense de Assistência Médica em Medicina Interna (Proclin), Serviços de Saúde e Atendimento Domiciliar LTDA (Qualycare), e a Prox Participações.

A reportagem não conseguiu os contatos das empresas Proclin e Prox participações. A Qualycare não respondeu aos pedidos de informação da reportagem.

A Secretaria municipal de Saúde de Cuiabá informou que está apurando as informações acerca da Operação Sangria, que é a maior interessada no resultado das investigações e ainda que está à disposição das autoridades.

A Secretaria de Saúde de Mato Grosso ainda não respondeu aos pedidos de informação.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.

Criado em 04/12/2018 - 14:00

Mais do programa