Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Funai e Defensoria Pública do AM planejam casamento coletivo de indígenas

Ideia é que a cerimônia seja realizado onde os indígenas vivem

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 18/04/2019 - 19:14

Um convênio firmado entre a Funai e a Defensoria Pública do Amazonas vai realizar o casamento civil de cerca de 300 casais indígenas da etnia tikuna, de duas comunidades do município de Benjamin Constant. A cerimônia será gratuita e vai respeitar as peculiaridades culturais desses povos.

Segundo o defensor público-geral, Rafael Barbosa, a ideia é que o casamento coletivo seja realizado onde os indígenas vivem. Uma equipe do órgão viaja na próxima semana à região do Alto Solimões para iniciar os preparativos. "A previsão é que o casamento coletivo indígena seja realizado em julho. A Defensoria Pública do Amazonas informou que, na mesma época, deve inaugurar um polo do órgão no município de Tabatinga para empossar novos defensores", disse.

Criado em 18/04/2019 - 19:16

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa