Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Comissão busca soluções para a conclusão das obras do VLT de Cuiabá

Obra deveria ter ficado pronta para a Copa de 2014, mas permanece inacabada

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 11/07/2019 - 19:40

Quem mora ou já visitou a capital de Mato Grosso se depara com vias interditadas, construções inacabadas e vagões de uma obra de mobilidade urbana que deveria ter ficado pronta para a Copa do Mundo do Brasil, em 2014: o VLT.

Esta semana governos federal e estadual se reuniram para buscar uma solução definitiva para o problema de mobilidade na região metropolitana de Cuiabá.

A comissão formada por representantes da Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, do Ministério de Desenvolvimento Regional, e secretarias de Estado de Mato Grosso, tem um prazo máximo de 120 dias para apresentar uma proposta.

Entre os problemas para a conclusão do VLT estão ações na Justiça contrárias a execução da obra.

A proposta será construída em parceria com órgãos de controle, como Tribunal de Contas da União, Controladoria Geral da União e Advocacia Geral da União.

A obra do VLT entre Cuiabá e Várzea Grande foi projetada para ter uma extensão de 22 quilômetros e já consumiu mais de 1 bilhão reais em recursos públicos.

Criado em 11/07/2019 - 20:42

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa