Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Governo de MT promete rever corte de ponto se professores encerrarem greve

Categoria deve avaliar proposta até quinta-feira (11)

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 09/07/2019 - 12:30

Depois de mais de 40 dias parados, trabalhadores do ensino público de Mato Grosso podem voltar ao trabalho nos próximos dias.

Numa reunião com o sindicato da categoria, mediada pela justiça, o governo do estado propôs pagar, em duas parcelas, os dias cortados de maio e junho. Em contrapartida, os servidores devem encerrar a greve e retomar as aulas até segunda-feira (15).

O presidente do Sintep, Valdeir Pereira, afirma que também foi apresentada a proposta de, a cada quatro meses, o governo avaliar a possibilidade de reajuste salarial, de acordo com a evolução das receitas e dos ajustes nas contas públicas.

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso estima que 60% das escolas estejam paralisadas por conta da greve.

A principal reivindicação é o reajuste salarial anual de 7,69%, previsto em lei. A categoria também pede o pagamento da Revisão Geral Anual, mas o governo argumenta que já estourou a Lei de Responsabilidade Fiscal em 11%.

Ouça o Repórter Nacional - Amazônia:


 

Criado em 09/07/2019 - 13:59

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa