Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Tocantins registra o maior número de casos de Hanseníase no Brasil

Ao longo desta semana, diversos municípios do estado realizam ações de conscientização sobre a doença

Repórter Nacional - Amazônia

No AR em 27/01/2020 - 18:30

Nesse domingo, 26 de janeiro, foi celebrado o Dia Mundial contra a Hanseníase. Aqui no Brasil, 31 de janeiro é o dia de Combate e Prevenção à doença. A data foi instituída em lei. 

Atualmente, o Brasil é o segundo país com mais novos casos de Hanseníase, atrás somente da India. Tocantins é o estado brasileiro com o maior número de diagnósticos. Ao longo desta semana, diversos municípios realizam ações de conscientização sobre a doença.

Em Boa Vista, Roraima, as atividades acontecem nas unidades básicas de saúde. A ideia é alertar a populações sobre os sinais, sintomas e cuidados com a hanseníase. A programação inclui palestras, rodas de conversa, além da mobilização dos profissionais da rede pública na busca ativa de possíveis casos. 

Em Belém, no Pará, a Secretaria de Saúde Pública encontrou, no último dia 18, durante ações do Programa Territórios da Paz, 74 casos com manchas ou lesões de pele suspeitas de hanseníase. Três tiveram diagnóstico confirmado. Os casos suspeitos foram encaminhados para atendimento especializado. Em 2019, foram confirmados 2.164 novos casos da doença no Pará. 

Cercada por mitos e preconceitos, a hanseníase tem cura, mas pode causar incapacidades físicas se o diagnóstico for tardio ou se o tratamento for inadequado. A doença atinge principalmente a pele e os nervos. Se apresenta com manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas, em qualquer parte do corpo. O tratamento da hanseníase é oferecido de graça pelo Sistema Único de Saúde. 

Ouça também:

- Começou hoje no Amazonas o atendimento a empreendedores interessados em linhas de crédito oferecidas pelo governo do estado

- Uma nova espécie de macaco foi descoberta na Amazônia. Apelidado carinhosamente de “zogue-zogue dos Parecis”, o primata foi encontrado na região da Chapada dos Parecis, que fica entre os estados de Mato Grosso e Rondônia

- No Maranhão, mais da metade dos detentos que fizeram o Enem conseguiram pontuação suficiente para tentar uma vaga no Ensino Técnico ou Superior

 

Criado em 27/01/2020 - 20:35

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa