Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

UTI pediátrica tem metade dos leitos fechados em Santa Maria

Eles eram terceirizados e geridos pela empresa Intensecare

Repórter Nacional - Brasília

No AR em 10/08/2018 - 10:19

Dez dos 21 leitos da UTI Pediátrica do Hospital Regional da Santa Maria, no Distrito Federal, foram desativados nesta terça-feira (7) . Eles eram terceirizados e geridos pela empresa Intensecare.

Segundo informações do Sindsaúde, o sindicato dos empregados em estabelecimentos de serviço de saúde de Brasília, o contrato com a empresa foi cancelado por falta de repasses da Secretaria de Saúde.

Ainda de acordo com o sindicato, seis crianças da UTI foram removidas para outros hospitais e enfermarias. Mas a Secretaria de Saúde negou o desmonte.

Segundo a subsecretária de atenção integral à Saúde, Martha Vieira, o quadro de saúde dos pacientes atendidos na unidade permitiu que ela passasse a ser semi-intensiva. "Cinco crianças foram transferidas para outros hospitais da rede. Em setembro, os novos médicos devem entrar em exercício. A partir daí, os leitos da UTI pediátrica devem ser reativados", afirmou.

A empresa Intensecare não retornou nosso contato até o fechamento desta reportagem.

Ouça no Repórter Nacional - Brasília pelo player acima.

Mais do programa