Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Exposição na UnB apresenta artefatos fabricados há mais de 8 mil anos

Artefatos foram encontrados em pesquisas arqueológicas na região do Distrito Federal

Repórter Nacional - Brasília

No AR em 18/06/2019 - 09:55

Ao longo dos anos, a humanidade evolui acompanhada da tecnologia. Mas ainda há muito que se descobrir sobre o período pré-histórico.

Aliado a esse avanço, o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e a Universidade de Brasília inauguraram, nesta segunda-feira (17), a exposição Arqueologia e Habitantes da Pré-História, que tem como uma das atrações o rosto de um homem asiático daquela época, reconstruído em 3D a partir de um crânio encontrado em Florianópolis.

De acordo com a arqueóloga do IPHAN, Margareth Souza, aqui no Distrito Federal existem 61 sítios arqueológicos, onde foram encontrados afloramentos rochosos, cerâmicas e ferramentas elaboradas que evidenciam a ocupação milenar do território.

Segundo a superintendente do IPHAN, Ione Carvalho, o Distrito Federal é o maior patrimônio mundial em área arqueológica já registrado pela UNESCO, o que é um marco para a capital do país.

Outros destaques do Repóter Nacional - Brasília (7h55) desta terça-feira (18):

Criado em 18/06/2019 - 10:06

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa