Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia terão vacina fracionada contra a febre amarela

A medida visa aumentar a imunização em áreas que apresentaram casos confirmados da doença nos últimos meses

Repórter Nacional

No AR em 09/01/2018 - 18:00

Os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia terão vacina fracionada contra a febre amarela, a partir de fevereiro. A medida, segundo o ministro da saúde, Ricardo Barros, vai aumentar a imunização em áreas que apresentaram casos confirmados da doença nos últimos meses, mesmo não sendo consideradas regiões endêmicas.

Com o fracionamento, uma ampola vai servir para imunizar até 5 pessoas. A eficácia da vacina vai ter duração de 8 anos. A dose padrão, segundo recomendação da OMS - Organização Mundial de Saúde, não exige nova vacinação.

Em São Paulo, a campanha começa no dia três e vai até o dia 24 de fevereiro. No Rio de Janeiro e na Bahia, a mobilização vai de 19 de fevereiro a nove de março. A meta do Ministério da Saúde é imunizar quase 20 milhões de pessoas nos três estados.

A dose fracionada é indicada para pacientes a partir de dois anos de idade. Já a dose padrão continua sendo aplicada a menores de dois anos, pessoas em tratamento contra o câncer e AIDS, gestantes e viajantes. Esta é a primeira vez que a vacina fracionada é adotada no Brasil. A medida foi aplicada, em 2016, na República Democrática do Congo, onde quase oito milhões de pessoas foram vacinadas em 15 dias.

Mais do programa