Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Plano de intervenção federal foi apresentado hoje no RJ

Em sua primeira entrevista coletiva, o general Braga Netto enfatizou que a medida é uma janela de oportunidade para que as forças de segurança do estado possam se reestruturar

Repórter Nacional

No AR em 27/02/2018 - 15:56

As Forças Armadas não devem ocupar de forma permanente nenhuma comunidade do Rio de Janeiro. De acordo com o interventor federal, responsável pela segurança pública do estado, general Walter Braga Netto, as operações com a presença de militares continuarão sendo pontuais.

E os agentes vão continuar sendo responsáveis pelo cerco nas comunidades, enquanto as forças policiais vão ficar responsáveis pela captura de criminosos, a exemplo do que já vem sendo feito dentro do Plano Nacional de Segurança.

Em sua primeira entrevista coletiva de imprensa desde que a intervenção foi decretada, Braga Netto enfatizou que a medida tem um caráter gerencial e é uma janela de oportunidade para que as forças de segurança do estado se reestruturem e resolvam seus gargalos.

Ele apresentou também as duas pessoas que trabalharão com ele na coordenação das ações de intervenção, como o novo secretário de Segurança Pública e o chefe do gabinete da intervenção. As chefias das polícias Civil e Militar permanecem as mesmas até o momento.

Também nesta edição:

- Raul Jungmann toma posse como ministro Extraordinário da Segurança Pública

- Sobe para 13 o número de casos suspeitos de sarampo em Roraima

- Câmara deve votar hoje regulamentação de aplicativos de transporte

Ouça o Repórter Nacional na íntegra:

Criado em 27/02/2018 - 16:05

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa