Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ministério da Saúde lança ações para diminuir cesáreas no Brasil

Número de partos normais na rede pública chegou a 58%, contra 41% de cesarianas, percentual que ainda é considerado alto

Repórter Nacional

No AR em 08/03/2018 - 09:16

O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (7) a criação de sistema online que, a partir do dia 19 de março, vai monitorar a quantidade de cesarianas realizadas pelo SUS em todo o Brasil. A intenção é diminuir  a realização desse tipo de parto quando desnecessário. 

No ano passado, de acordo com o ministério, na rede pública o número de partos normais chegou a 58%, contra 41% de cesarianas, percentual que ainda é considerado muito alto pelas autoridades da saúde.

Outra ação do Ministério que deve chegar às maternidades do país é o Projeto Parto Cuidadoso, que vai investir na capacitação de enfermeiras obstétricas para atenção ao parto normal.

 A pasta anunciou ainda que vai liberar R$ 14 milhões para ações prioritárias em saúde sexual e reprodutiva nos municípios. 

 O edital que libera o recurso prevê uma série de metas a serem alcançadas até 2022, como a redução da gravidez não planejada na adolescência; a inclusão de mulheres idosas no planejamento das ações de saúde sexual; e ampliação, em 20%, da oferta do contraceptivo DIU de cobre na Atenção Básica.

Ouça o Repórter Nacional (7h) desta quinta-feira (8) na íntegra:

Confira também nesta edição:

Supremo mantém poder do TSE para cassar diretamente parlamentares e governadores

- Tiroteio deixa dois mortos e um ferido em praça da Zona Sul do Rio

- Câmara aprova crime de importunação sexual e aumenta pena para estupro coletivo

Criado em 08/03/2018 - 09:22

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa