Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Lei que aumenta pena para roubo com uso de explosivos é sancionada

A partir de agora, a prática de furto com o emprego de explosivos passa a ser furto qualificado, com pena de quatro a dez anos de prisão

Repórter Nacional

No AR em 24/04/2018 - 07:00

A lei que endurece a pena de roubo a caixas eletrônicos com uso de explosivos foi sancionada nesta segunda-feira (23).

O texto foi aprovado pelo congresso no final do mês de março e aumenta em dois terços a pena por roubo quando há uso de explosivos.

O objetivo do governo é tenta inibir os roubos aos caixas eletrônicos e a carros fortes, onde é comum que criminosos usem explosivos, como reforçou o presidente Michel Temer, em vídeo divulgado na internet.

Com isso, a prática de furto com o emprego de explosivos passa a ser furto qualificado, com pena de quatro a dez anos de prisão. Além disso, furto e roubo de equipamentos explosivos também tiveram as penas elevadas.

O criminoso também passa a cumprir pena maior de sete a 18 anos de reclusão se a violência do roubo resultar em lesão corporal. No caso de morte, a reclusão será de 20 a 30 anos

A lei também obriga que bancos instalem nos caixas eletrônicos equipamentos que inutilizem as cédulas em caso de arrombamento, como o uso de tinta especial colorida ou pó químico, desde que a medida não cause perigo aos usuários e funcionários que utilizam os equipamentos, prática que já vem sendo adotada pela maioria das instituições.

Os bancos terão até três anos para cumprir a determinação.

Ouça também no Repórter Nacional:

- Mais de 40% dos brasileiros até 14 anos vivem em situação de pobreza

- Justiça nega inspeção na carceragem da Polícia Federal em Curitiba

- STF libera para julgamento primeira ação de político da Lava Jato

 

Criado em 24/04/2018 - 10:18

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa