Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Nelson Mandela completaria 100 anos nesta quarta-feira (18)

Militante antirracismo se tornou o primeiro presidente negro da África do Sul

Repórter Nacional

No AR em 18/07/2018 - 07:00

Nesta quarta-feira, 18 de julho, Nelson Mandela, que partiu da luta armada para um caminho que o levaria a ser o primeiro presidente negro da África do Sul, completaria 100 anos de idade. Foram 27 anos preso com base em leis condenadas pela maioria de seu povo e pela comunidade internacional. No ano em que foi libertado, Nelson Mandela visitou o Brasil.

O líder da luta contra o regime de segregação racial conhecido como Apartheid foi recebido em agosto de 1991 por 40 mil pessoas no Sambódromo do Rio de Janeiro e mais milhares em outras cidades. E isso não foi à toa, como comenta Ivair dos Santos, sociólogo especialista em estudos sobre África Contemporânea.

A intenção de Mandela com a visita era pedir que as sanções à África do Sul se mantivessem até o fim do apartheid. O economista e vereador de Salvador Sílvio Humberto menciona que outros líderes do movimento negro sul-africano mantinham diálogo com o Brasil.

Depois da eleição de Mandela para a presidência da África do Sul, o apoio se transformou em cooperação bilateral, como comenta Ivair dos Santos.

Enquanto a principal conquista brasileira foram as ações afirmativas para garantir o acesso da população negra à universidade, o sociólogo conta que o governo sul-africano avançou em diversas áreas, inclusive inserção econômica.

Como presidente, Mandela não conversou apenas com os chefes de estado brasileiros. Ele se reunia com os movimentos negros e com representantes do movimento sindical. O efeito disso foi que em 2001, na África do Sul, quando ocorreu a terceira Conferência da ONU contra o Racismo, a maior delegação foi a brasileira.

Mandela faleceu em 2013. Ivair dos Santos e Silvio Humberto comentam que nestes últimos dois anos as relações entre Brasil e o continente africano estão enfraquecidas e precisam ser recolocadas dentro das estratégias da diplomacia brasileira, que historicamente sempre valorizou o relacionamento com países em desenvolvimento.

Confira outros destaques do Repórter Nacional:

- Tribunal cassa liminar que suspendia leilão de distribuidoras da Eletrobras

- Jovens que lideraram protestos contra obras na Copa são condenados

- Mesa Diretora da Câmara vai decidir sobre cassação de Paulo Maluf em agosto

 

Criado em 18/07/2018 - 09:56

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa