Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Taxa de desemprego volta a crescer

País tem 12,7 milhões de pessoas sem emprego

Repórter Nacional

No AR em 27/02/2019 - 19:15

O desemprego ficou em 12% no trimestre encerrado em janeiro, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios divulgada nesta quarta-feira, 27, pelo IBGE. Isso significa que há 12 milhões e 700 mil pessoas sem trabalho no país.

A taxa é 0,2 ponto percentual menor do que a registrada no trimestre encerrado em janeiro de 2018, mas representa avanço de 0,3 com relação ao trimestre imediatamente anterior.

Essa taxa acabou influenciando em outro dado o aumento de 1,4 porcento no rendimento médio real habitual, que chegou a R$ 2, 270.

De acordo com o IBGE,o avanço se deve ao aumento do salário mínimo, mas também ao fato de que a massa total de rendimento, que permaneceu estável em R$ 205 bilhões, agora foi divida entre menos trabalhadores.

De acordo com o pesquisador do instituto, Cimar Azeredo, ressalta que mais uma vez as pesquisas apontam o avanço da informalidade.

Neste trimestre, na comparação com o anterior, apesar da taxa de empregados sem carteira assinada ter caído 2,8 %, o que ainda representa 11,3 milhões pessoas, a quantidade de trabalhadores por conta própria aumentou 1,2 porcento alcançando o recorde de 23,9 milhões.

Também são destaques do Repórter Nacional Edição das 18h, dessa quarta-feira, 27:

- Maquinista que ficou preso nas ferragens por mais de sete horas morre após o resgate

- Ministro do STJ manda soltar funcionários da Vale envolvidos na segurança da barragem da Mina do Córrego do Feijão, em Brumadinho

- Justiça do Rio de Janeiro aceita denúncia contra o lutador de jiu-jitsu Vinicius Batista Serra acusado de tentativa de feminicídio

Criado em 27/02/2019 - 19:22

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa