Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Mais de 1800 pessoas e empresas respondem ações por desmatamento ilegal na Amazônia

Entre os nove estados da Amazônia Legal, o Mato Grosso é o que tem a maior área desmatada alvo de ação civil pública do Ministério Público Federal

Repórter Nacional

No AR em 03/05/2019 - 19:28

Ao todo, 1.831 pessoas ou empresas vão responder na justiça pela remoção ilegal de mais de 156 mil hectares de floresta. O valor dos pedidos de indenização ultrapassa  R$ 2,5 bilhões. Desde 2017, o Ministério Público Federal realiza o projeto "Amazônia Protege" de combate ao desmatamento na floresta. Nesta sexta-feira, o órgão divulgou o balanço da segunda fase dessa iniciativa, que resultou em 1.410 mil ações civis públicas contra o desmatamento ilegal, identificado entre os anos de 2016 e 2017, em áreas com 60 hectares ou mais.

Na comparação com a primeira fase do projeto, que utilizou dados de 2015 e 2016, foram 743 ações a mais na justiça. O "Amazônia Protege" utiliza imagens de satélite e cruzamento de informações com bancos de dados públicos para delimitar as áreas desmatadas e identificar os responsáveis pela remoção ilegal de vegetação.

Também são destaques do Repórter Nacional Edição das 18h dessa sexta-feira, 3:

- Fim de semana na Venezuela será de manifestações

- Ministério da Justiça inaugura central para receber informações estratégicas sobre segurança de todo o país

- Sábado é o Dia D de Vacinação contra a gripe em todo o país

Criado em 03/05/2019 - 19:30

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa