Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Refugiados sírios passam a ter direito a visto com residência imediata no Brasil

Visto humanitário é uma categoria diferenciada dos vistos tradicionais como o de turista ou de trabalho

Repórter Nacional

No AR em 10/10/2019 - 09:14

A nova regra garante residência imediata às pessoas que tiverem esse tipo de visto.

Segundo o Comitê Nacional para os Refugiados, a medida vai facilitar a concessão de visto, evitando o tempo de espera por parte do solicitante.

O visto humanitário é uma categoria diferenciada dos vistos tradicionais como o de turista ou de trabalho. Foi criado em 2012 como uma alternativa à concessão de refúgio para os haitianos  e em 2013 passou a ser concedido também para os Sírios.

Para conseguir o visto, a pessoa pode procurar o Consulado do Brasil em Beirute, no Líbano, Amã, na Jordânia, Cairo, no Egito ou em Istambul e Ancara, na Turquia.

O visto temporário vai ter 90 dias de validade e chegando ao Brasil, a pessoa precisa procurar uma unidade da Polícia Federal para dar entrada na Carteira de Registro Nacional Migratório.

Com o documento é possível fazer o CPF e a carteira de trabalho.

Segundo a ACNUR, em todo o mundo existem 26 milhões de refugiados, desse total, quase sete milhões são sírios. O Brasil acolhe menos de 0,05% do total, pouco mais de 11 mil refugiados. Desses, 36% são sírios.

Ouça o Repórter Nacional (7h) desta quinta-feira (10):

 

Outros destaques desta edição:

- Câmara dos Deputados aprova projeto que define distribuição de recursos do leilão de petróleo do pré-sal

- Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 segue para sanção do presidente da República e texto prevê salário mínimo de R$ 1.040,00

- Porta-voz afirma que presidente Jair Bolsonaro não pretende sair do PSL    

- Justiça permite que ex-presidente Temer participe de palestra na Inglaterra 

Tags:  Síria Refugiados

Criado em 10/10/2019 - 09:24

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa