Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Ministério da Saúde assina protocolo para tratar Epidermólise Bolhosa

A doença causa bolhas e infecções na pele

Repórter Nacional

No AR em 10/10/2019 - 18:00

O ministro Luiz Henrique Mandeta assinou um novo protocolo para definir como o Sistema Único de Saúde (SUS) deve diagnosticar e tratar a Epidermólise Bolhosa.

O novo protocolo de atuação vai além de estabeelecer rotinas sobre o que fazer quando um paciente com sintomas de epidermólise bolhosa procurar as unidades públicas de saúde.

A epidermólise bolhosa é uma doença crônica, não transmissível. No Brasil, cerca de 800 pessoas de todas as etnias têm a doença, que pode aumentar o risco para câncer de pele. A epiidermólise bolhosa não tem cura e os esforos médicos são para prevenir o surgimento das bolhas e evitar infecção nas que já existem.  

Confira também nesta edição: Venezuela nega responsabilidade por petróleo na costa brasileira; Bolsonaro volta a afirmar que ação foi criminosa          

Ministério da Saúde assina novo protocolo para tratar pessoas com doença que causa bolhas e infecções na pele

Ministro da economia, Paulo Guedes, afirma que retomada do crescimento do país com privatizações e mudanças nas regras das aposentadorias será lenta e persistente

Presidente turco ameaça enviar milhões de refugiados para a Europa se europeus continuarem a criticar ofensiva turca militar na Síria

Clique e ouça a edição desta quinta-feira (10/10):

Criado em 10/10/2019 - 19:17

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa