Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

MEC lança programa para estimular leitura de livros infantis no ambiente familiar

Programa vai usar as técnicas da chamada literacia familiar, baseada na interação entre pais e filhos

Repórter Nacional

No AR em 06/12/2019 - 07:00

O programa Conta pra Mim, lançado nesta quinta-feira pelo Ministério da Educação, vai fazer parte da Política Nacional de Alfabetização.

A iniciativa busca incentivar a leitura no ambiente familiar, para que as crianças já cheguem preparadas para os primeiros anos na escola.

O programa vai usar as técnicas da chamada literacia familiar, baseada na interação entre pais e filhos por meio de brincadeiras, conversas e leitura em voz alta, desenvolvendo as habilidades de ouvir, falar, ler e escrever. Essas técnicas podem começar cedo, desde a gravidez.

No projeto, serão disponibilizados materiais virtuais, que vão exemplificar as melhores técnicas que podem ser adotadas, tanto em casa, como também nas escolas de todo o Brasil.

O Ministro da Educação, Abraham Veintraub, destacou a importância da leitura familiar.

Segundo o MEC, R$ 45 milhões serão destinados para o programa, e devem ser usados na criação de cinco mil espaços, chamados de "Cantinho Conta Pra Mim", onde a criança terá acesso a uma mini biblioteca, com livros de conteúdo infantil.

Os recursos também serão utilizados para a elaboração do material, e para o pagamento de professores e tutores que vão participar da iniciativa.

Esses locais vão funcionar em creches, pré-escolas, museus e também bibliotecas, e devem estar prontos até o fim de 2020.

Ainda segundo o MEC, os espaços vão ser destinados a famílias de baixa renda, que recebam o bolsa família e tenham crianças de 3 a 5 anos de idade.

De acordo com o secretário de alfabetização, Carlos Nadalim, a escolaridade baixa dos pais não será um empecilho para o programa.

A previsão do governo é de que um milhão de crianças sejam beneficiadas com o programa em todo o Brasil.

As ilustrações do programa vão ser feitas pela Instituto Maurício de Souza, criador dos personagens da Turma da Mônica, e serão enviadas às escolas que aderirem ao programa.

A adesão de Estados e Municípios ao Conta Pra Mim deve ocorrer a partir do 1º semestre do ano que vem.

Ouça o Repórter Nacional (7h) desta sexta-feira (06):

 

Outros destaques desta edição:

- Bolsonaro defende Mercosul mais enxuto e relações mais simplificadas entre os países do bloco        

- Empresa que aderir à Lei do Bem pode recuperar parte dos investimentos na hora de recolher o imposto de renda

- Nascidos em setembro e outubro sem conta na Caixa já podem sacar FGTS

Criado em 06/12/2019 - 09:20

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa