Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Colômbia terá eleições neste domingo (27)

Eleitores vão escolher governadores, deputados, prefeitos, vereadores e membros das juntas administrativas locais na Colômbia

Repórter Solimões

No AR em 25/10/2019 - 14:33

De acordo com informações da Registradoria Nacional de Estado Civil da Colômbia, em todo país 36,6 milhões de eleitores estão habilitados para votar neste domingo (27) para escolher governadores, deputados, prefeitos, vereadores e membros das juntas administrativas locais na Colômbia. Em Letícia, cidade que faz fronteira com Tabatinga no Brasil, são 49,2 mil eleitores aptos. 

Segundo informações do "Jornal El Tiempo" e conforme explicação do diretor de imigração da colômbia, Cristian Kruger, dos mais de 21 mil estrangeiros que se encontram na Colômbia que poderiam votar, somente 1.678 atendem os requisitos e estão aptos a participar do pleito. Do total de habilitados, 368 são cidadãos venezuelanos, 294 equatorianos, 131 peruanos, 107 espanhóis e 69 argentinos, entre outros. Bogotá, Medellín, Cali, Cúcuta e Pereira são as cidades com maior número de cidadãos estrangeiros registrados. Para poder votar os cidadãos estrangeiros devem ter visto de residência permanente de 5 anos no país, possuir carteira de identificação estrangeria vigente, que tenha sido registrado antes do dia 27 de agosto de 2019, em qualquer posto de inscrição habilitado pela Registradoria Nacional do estado civil na Colômbia.

Um decreto presidencial do dia 21 de outubro de 2019 define medidas para garantia da segurança do pleito na Colômbia, entre elas está o fechamento das fronteiras por via terrestre e fluvial à meia-noite do dia 26, sábado, até as 16 horas do dia 27 de outubro, domingo. Já a fronteira da Colômbia com a república bolivariana da Venezuela, o decreto ordena o fechamento do trânsito terrestre e fluvial a partir das 0 hora do dia 24 de outubro, quinta-feira, até 16h de domingo, dia 27. Além do fechamento das fronteiras, também foi suspenso desde o dia 21 o porte de armas e restrição das reuniões políticas e partidárias que só poderão ser feitas em ambientes fechados de 21 a 27 de outubro.

As medidas incluem o controle migratório nos postos terrestres e fluvial dos países que fazem fronteira com a Colômbia. Serão permitidos apenas a entrada de veículos ou transportes que por ventura precisarem ser realizados por motivos de força maior ou de trânsitos de alfândegas internacionais de mercadorias que tiverem autorização do exterior ou da aduana na Colômbia.

Ouça a matéria do Repórter Solimões:


 

Criado em 25/10/2019 - 14:33

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa