Tabatinga sofre com inundações em período de chuva

Falta de saneamento e construções irregulares estão entre as causas dos alamentos
Repórter:
Otto Farias
Chuva
Chuva Alessandro Laranhaga/Rádio Nacional do Alto Solimões

Em época de constantes chuvas no Alto Solimões, algumas áreas do município de Tabatinga sofreram alagações. Moradores da cidade reclamam da falta de investimentos para previnir as enchentes.
 
De acordo com morador Raimundo Castilho, em anos anteriores as ruas do município não alagavam como nos dias de hoje. “Essa situação vem se agravado”, diz Castilho.
 
Paulo Almeida, professor da Universidade do Estado do Amazonas, especialista em geografia física explica que por falta de projetos algumas áreas, como a questão do escogoto, estão causando os alagamentos no período de chuva.
 
O especialista explicou também a situação dos igarapés que estão na área urbana, como o igarapé do Rui Barbosa. “Os igarapé também precisam de suas margens de inundação. Então se a população ocupa essas margens de inundação, vão sofrer com isso”, explica Paulo Almeida.
 
A secretaria de Obras de Tabatinga realiza trabalhos de aberturas de valas para escoação das águas e limpeza de igarapés De acordo com o secretário da pasta,  Adonias Ferreira, os pontos críticos foram identificados e a prefeitura busca resolver a situação.
 
O morador também pode contribuir para evitar alamentos nas ruas, com atidudes simples, como jogar o lixo em local apropriado. Construções e obras, como baixa de guia da calçada precisam de autorização da prefeitura, para que um engenheiro avalie o impacto da obra e indicar o procedimento correto da construção.
 
O Repórter Solimões vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 18h45 (horário de Tabatinga), na Rádio Nacional do Alto Solimões, uma emissora da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

em
26/02/2015 - 08:34
atualizado em
26/02/2015 - 09:50