Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Aumento de mortes de araras-azuis preocupa ambientalistas

O crescimento registrado este ano ainda tem causa principal desconhecida, mas deve ser investigado, já que a espécie está em risco de extinção

Revista Brasil

No AR em 03/08/2017 - 11:17

Especialistas estão preocupados com mortes de araras-azuis no Pantanal de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Somente neste ano, pelo menos 30 araras-azuis já teriam morrido. Em 2015, foram registradas mais de 100 mortes desta espécie na região.

O Revista Brasil desta quinta-feira (03) conversou com a presidente do Instituto Arara Azul e pesquisadora dos Programas de Mestrado e Doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional da Universidade Anhanguera (Uniderp) de Mato Grosso do Sul, Neiva Guedes, sobre a questão que tem preocupado autoridades, pesquisadores e ambientalistas.

Segundo a pesquisadora não se sabe a causa principal das mortes, mas afirma que os pesquisadores têm monitorado as aves para evitar a situação. “Nós não temos ainda como fazer uma prevenção, se nós não sabemos ainda o que é que está acontecendo”, explica.

Neiva ressalta ainda que essa é uma situação preocupante, já que as araras azuis são uma espécie ameaçada de extinção.

Para ouvir a entrevista na íntegra clique no player acima.

O Revista Brasil vai ao ar, de segunda a sexta-feira, às 6h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões e às 8h, pela rádios Nacional da Amazônia, Nacional AM de Brasília (inclusive sábado) e Nacional AM do Rio de Janeiro.

Criado em 03/08/2017 - 11:20

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Mais do programa