Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Reforma política deve ser votada em breve

Segundo especialista, mesmo com as novas denúncias da lava-jato a pauta deve andar rapidamente, já que existe um prazo para estar sancionada e porque a sobrevivência dos parlamentares depende dela

Revista Brasil

No AR em 11/09/2017 - 12:06

O cientista político da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Paulo Baía, é o convidado do Revista Brasil para falar sobre como ficam as votações no Congresso das reformas políticas e da previdência após as novidades surjidas na Operação Lava-Jato durante a semana que passou.

Ouça a entrevista completa:

Segundo Paulo, a primeira votação que deve acontecer nos próximos dias é a da Reforma Política, já que esta tem prazo marcado, tem que estar aprovada nas duas casas (Câmara e Senado), sancionada e publicada até dia 7 de outubro. Ele avalia que a outra reforma tem margem maior para ser adiada.

“A Reforma da Previdência é mais nebulosa, pois depende de outros passos", esclarece. "Com as denúncias do Janot, o que virá a tona da delação do Funaro, e o desdobramento de uma provável denúncia do Palocci, nós vamos ter ainda um outro elemento, que é se virá uma segunda denúncia ao presidente Temer na Câmara dos Deputados”, conclui.

Revista Brasil vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 6h, pela Rádio Nacional do Alto Solimões e às 8h, pelas rádios Nacional da AmazôniaNacional de Brasília e Nacional do Rio de Janeiro.

Mais do programa